Twitter do Oscar Guedes

Hotel Emmy - Fiè Allo Sciliar -  Bolzano - Itália - Europa

Jornal Página Revista - Bahia

Club Med Trancoso - Porto Seguro - Bahia - Brasil


vila santo inacio pedras vento turismo pinturas rupestres garimpo diamante cristal magica enigmatica misteriosa gentio do ouro bahia chapada diamantina brasil

***

fotografo jesse soares santo inacio gentio do ouro bahia brasil chapada diamantina
foto: Jesse Soares)

tags: negócios, venda, compra, castelo moderno, oportunidade, natureza, energia eolica, business, sale, purchase, modern castle, chance, nature, wind energy, investment property, new life, field's home, promotion.

***

SANTO INÁCIO
- uma vila sobre pedras -

fotos: Oscar Guedes

Santo Inácio - Gentio do Ouro - Bahia - Brasil

LATITUDE: 11° 06' 37 " Sul

LONGITUDE: 42° 43' 15 " Oeste

PERÍODO DE CHUVAS: principalmente de dezembro a abril

ALTITUDE DA REGIÃO DO SANTO INÁCIO: 532 m ao nível do mar (Gentio do Ouro, sede do município, tem 1098m).

          Santo Inácio é uma vila bastante compacta, com cerca de 350 moradores, no município de Gentio do Ouro, localizado na Chapada Diamantina Setentrional, na Bahia. Localizado na região conhecida como Serras do Assuruá ou Chapada Velha , o distrito de Santo Inácio está distante aproximadamente 35 km em linha reta ortogonal ao curso do Rio São Francisco. Foi fundada em 1836 por buscadores de ouro e diamante quando ali viviam os índios cariris, tupinambás e amoipiras, e onde ainda conserva a arquitetura colonial e muita coisa da época do apogeu do diamante (1920 a 1931). O primeiro branco que pisou na região, segundo documentos históricos, foi o bandeirante Belchior Dias Moreira, no século XVII. Mas de acordo com os vestígios encontrados, o local, supostamente, foi um importante santuário de uma antiga civilização.

Cachimbo antigo - primitivo - histórico - colonial - rupestre - história - indígena - Santo Inácio - Gentio do Ouro - Bahia - Brasil
Cachimbo antigo e artesanal encontrado nas proximidades da vila

Aos arredores da vila, assim como em toda a região centro-noroeste da Bahia, se vê inúmeras pinturas rupestres, representando fortes indícios que o homem pré-histórico habitou ali, percebido também pelos costumes e hábitos locais, e até pelo biotipo de alguns moradores - hipóteses que precisam ser confirmadas por historiadores e pesquisadores, que muitas vezes não tiveram a oportunidade de visitarem pelo difícil acesso que existia, mas, atualmente, encontram um ambiente mais propício com via asfaltada até a localidade.

Santo Inácio - Gentio do Ouro - Bahia - Brasil - Turismo
A região apresenta excelentes ângulos para fotos e filmagens

          A vila se assemelha muito com uma cidade cinematográfica, inclusive, segundo alguns moradores, a produção da novela Pedra Sobre Pedra (exibida pela Rede Globo de Televisão) esteve lá na fase de pré-filmagens, interessada em fazer suas gravações, mas devido à falta de infra-estrutura adequada na época, a comunidade não teve esse privilégio.

Igreja Nossa Senhora Mãe dos Homens - Antiga Cadeia Pública - Castelo Eco Enigma
Vista da Igreja Nossa Senhora Mãe dos Homens e da Antiga Cadeia Pública, durante o pôr-do-sol

          A expectativa de vida em Santo Inácio é grande devido à boa qualidade de vida, marcada principalmente por uma alimentação rica em frutas, verduras e hortaliças, muitas vezes cultivadas em seus quintais. Além da ausência do stress e da poluição presentes nas grandes cidades, os moradores usufruem de uma água que vem direto da fonte. O índice de criminalidade é, basicamente, 0% (zero por cento).

Ovo - ninho - beija-flor - Santo Inácio - Gentio do Ouro - Bahia - Brasil
O município tem uma rica fauna e flora, além de áreas intocadas

          A economia da vila vem da agricultura, pesca, pecuária e mineração. Santo Inácio já viveu tempos áureos com a exploração do diamante, que deixou um importante legado histórico e cultural.

Sobrado Enigmático - Santo Inácio - Gentio do Ouro - Bahia - Brasil
O sobrado inacabado construído pelo Coronel Manoel Alcântara é um dos mais belos cartões-postais de Santo Inácio

Como o nome da localidade já diz tudo, a religiosidade está muito presente na vida local, fruto de um passado sem muitas explicações quanto à origem da vila e do nome da abençoada comunidade. Ao lado da religiosidade e do rico legado cultural e histórico, as belezas naturais se complementam, abrindo as portas para o turismo.

Formação rochosa - paredões rochosos - pedra - formação - Santo Inácio - Gentio do Ouro - Bahia - Brasil
Visitantes de divertem com as curiosas e exóticas formações rochosas

Em nenhuma parte do mundo se encontra um lugar com a mesma identidade de Santo Inácio: uma vila encravada sobre um lajedo de pedras e circulada por paredões rochosos parecendo um presépio.

Castelo Eco Enigma - Santo Inácio - Gentio do Ouro - Bahia - Brasil
O Castelo Eco Enigma já virou um tradicional "point" durante a Festa de Santo Inácio (1º de fevereiro)

Lamentação aos Mortos - Semana Santa- Santo Inácio - Gentio do Ouro - Religiosidade - Religioso
O morador João Lélis na "Lamentação dos Mortos"

Na Semana Santa acontece a "Lamentação dos Mortos". Moradores rezam pelas almas dentro do cemitério e depois seguem rezando até a Igreja de Santo Inácio em 7 paradas. Em cada uma das paradas, participantes se oferecem para "tirar" um Pai Nosso em voz alta. Uns escolhem o alto da pedras, que em sintonia com a fé e a lua cheia formam um ambiente enigmático...

Toca da Coã - Santo Inácio - Gentio do Ouro - Bahia - Brasil - Põr-do-sol - Turismo - Cinema
A vista por dentro da Toca da Coã é "coisa da cinema"

Santo Inácio é exótica, única, mística, mágica, divina, tem história... Enfim, Santo Inácio é BELA & MULTICULTURAL.

Santo Inácio - Gentio do Ouro - Formações Rochosas - Trilhas - Aventura - Turismo
A Toca da Coã por fora

Publicação de trabalho do geólogo e cientista Orville Derby, em 1882, faz referência à descoberta do primeiro diamante da Bahia, por José de Matos, em 1840, próximo à vizinhança de Santo Inácio. Outras descobertas foram registradas, em 1841, na serra do Assuruá, no mesmo município.

Santo Inácio - Gentio do Ouro - Formações rochosas - Turismo - Ecoturismo - Lua Cheia - Trilha
Orifício entre as pedras lembra um pássaro voando. Em certo mês do ano, a lua cheia passa exatamente no buraco formando um fenômeno único e encantador.

Santo Inácio é exótica, única, mística, mágica, divina, tem história... Enfim, Santo Inácio é BELA & MULTICULTURAL.

  


"NÃO TIRE NADA ALÉM DE FOTOS.

NÃO DEIXE NADA ALÉM DE PEGADAS.

NÃO MATE NADA ALÉM DO TEMPO.

   PRESERVAR NOSSO PLANETA É PRESERVAR UM ESTILO DE VIDA."

Poema de autoria de Francisco Pimentel de Meirelles:

SANTO INÁCIO

                                       Santo Inácio!
                                       Que tristeza, que saudade,
                                       Ao reviver teu passado.

                                       Pigmeu com fibra de gigante,
                                       Ancião com encantos de infante,
                                       A cantar seu fastígio, sua glória,
                                       O vento altissonante no seu brado.

                                       Santo Inácio!

                                       Presépio que se enfeita anualmente
                                       Com mil flores silvestres, olorosas,
                                       Promessa recebida alegremente
                                       Das frutinhas incomuns e saborosas:

                                       Quipá, cambuí,
                                       Cascudo, pussá,
                                       Umbu, murici,
                                       Ratinha, araça.

                                       Santo Inácio!

                                       Vejo-te em sonho qual na minha infância
                                       A cantar, a correr despreocupado,
                                       Devassando teu lajedo em partes mil,
                                       Enxergando-o viril e poderoso
                                       Numa visão otimista, infantil.

                                       Santo Inácio!

                                       Toca de Santo Antônio,
                                       Curral de Pedras,
                                       Banco de Areia,
                                       Pintô, Cajueiro,
                                       Cachoeira do Antônio Joaquim,
                                       Banhos no Cascudeiro,

                                       Guardam ainda, talvez, nos seus recantos
                                       Vestígios dessa quadra de encantos
                                       Que o tempo me roubou, inexorável.
                                       São registros inocentes, infantis,
                                       Brincadeiras ingênuas ou sutis,
                                       Às vezes um episódio inenarrável...

                                       Santo Inácio!

                                       Festa do Senhor Santo Inácio:
                                       Novenário, foguetório, alvorada,
                                       Entrega de ramo e procissão,
                                       Baile a prolongar-se até o nascer do sol,
                                       Com os "juízes", os patriarcas da terra,
                                       De mãos dadas com a juventude,
                                       Na sua festa de arromba
                                       A antecipar o carnaval:
                                       "Oh jardineira, por que estás tão triste..."

                                       Santo Inácio!

                                       Guarda-te-ei para sempre no cérebro
                                       Alegre, folgazão, movimentado,
                                       Viverei teu presente compensado
                                       Das alegres vivências do passado.

***

Confira a letra da música "Galope do Lado" do cantor e compositor Pedro Sampaio (CD Vida Beija-Flor), que retrata o regionalismo, as belezas naturais, aspectos culturais e históricos do município de Gentio do Ouro:


GALOPE AO LADO (Subindo a serra)

CANARINHO CANTOU, CANTOU, CANTOU, CANTOU
PRO RIBA DA GAMELEIRA, CANTOU, CANTOU, CANTOU
DIZ QUE VAI SUBIR A SERRA
DESPENCAR NAS RIBANCEIRAS
CONHECER AS CACHOEIRAS
DO ENCANTADO AO ESCORREGA
E CANTAR NO ALEGRE COMO UM CANARINHO BELGA
E CANTAR ALEGRE COMO UM CANARINHO BELGA

LAGOA MUITO RICA, DE MARRÉ, MARRÉ, DESCI
PEIXE, ITAPARICA, DE MARRÉ, MARRÉ, MARRÉ
SURUBIM, PIRÁ, MANDIM
GUARDE UM SÓ PARA MIM
VOU CORRENDO JÁ PRA AÍ
VOU MONTADO EM MINHA ÉGUA
E VOU CANTAR NO ALEGRE COMO UM CANARINHO BELGA
E VOU CANTAR ALEGRE COMO UM CANARINHO BELGA

QUANDO A LUA SAIR, LUBI, LUBI, LUBI
QUERO ANDAR PRA SANTO INÁCIO, EU VI, EU VI, EU VI
CONTAR ESTÓRIAS DE BOI
E FALAR DO CANGAÇO
VOU FICAR MUITO FELIZ
DORMINDO PERTINHO DELA
E CANTAR NO ALEGRE COMO UM CANARINHO BELGA
E CANTAR ALEGRE COMO UM CANARINHO BELGA

CARNE SECA COM FARINHA
VOU COMER NO CALDEIRÃO
JUNTO COM O PIRÃO DE PEIXE
DA LAGOA DO SERTÃO
TÔ CHEGANDO E VAI TER FESTA
LÁ NO BARRACÃO PRA ELA
VOU APEANDO E VOU CANTANDO
UMA CANÇÃO TÃO BELA
E CANTAR NO ALEGRE COMO UM CANARINHO BELGA
E CANTAR ALEGRE COMO UM CANARINHO BELGA

***

 

Genio do Ouro - Bahia - Brasil


clique aqui

 

 
© 2005 - 2010 Site Eco Enigma - Seu Sexto Sentido. Todos os direitos reservados